sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Church of St. Mary of the Castle / Igreja de Santa Maria do Castelo

Oil on canvas/Oleo sobre tela

The church of St. Mary of the Castle in Moura, Portuguese southern province of Alentejo, was built in the XVI century and ceased to to be used as a temple in the late XVIII century. For many years it was abandoned and left to fall in ruins until recently, when it was recovered. Is now being used as a beautiful space, open to multicultural and multiartistic exhibitions.

A Igreja de Santa Maria do Castelo em Moura, Alentejo, remonta ao século XVI e foi usada como local de culto até ao fim do século XVIII. Desde então ficou abandonada e encontrava-se praticamente em ruínas até recentemente, quando foi recuperada. Serve agora como um espaço belíssimo para exposições e manifestações culturais e artísticas.

Vendido / Sold

4 comentários:

Villager disse...

O branco caiado do Alentejo e o céu azul...uma combinação sempre bem-vinda.
Uma pergunta...prefere óleo ou acrílico?

Lefrontier disse...

Neste momento, prefiro acrílico; digo "neste momento" porque, sendo forçado por limitações de espaço e de tempo é-me complicado pintar a oleo, que requer não só o uso de diluentes, como espaço e tempo para deixar secar as obras. Digamos que com dois rapazes e dois gatos, a minha sala (a.k.a. "atelier) fica um bocado apertada e enchê-la com o odor dos óleos e dos diluentes neste momento não é muito prático, embora o faça de vez em quando. Isto do ponto de vista prático; do ponto de vista "artístico", é verdade que me sinto mais à vontade com o acrílico e o seu baixo tempo de secagem - permite-me corrigir, retrabalhar, experimentar sobretudo, sem ter que o fazer wet on wet como acontece com o oleo. Finalmente e como ando a desenvolver uma predisposição para pintar arquitectura alentejana, acho os brancos do acrílico imbatíveis... Mas é só a minha opinião :)
Obrigado pelo comentário e pela visita.

Manuel Teixeira disse...

É verdade que o Alentejo tem casas muito bonitas e as paisagens dos montes alentejanos serão também bons motivos para uma tela. Também deve levar a sério a sua arte, pois as suas pinturas são muito bonitas.

Manuel

Lefrontier disse...

Muito obrigado pelo comentário e pelo seu interesse e pelo encorajamento. É verdade que no Alentejo abundam os motivos de interesse, tal como por esse Portugal fora - quanto mais não seja, lá beleza é coisa que não falta ao nosso País! :)